Segunda-feira, 21 de Abril de 2008

Extras: Atrasada mas em redenção

Acontece que isto de o dia ter só 24 horas é uma chatice e, por essa razão, só há pouco tempo comecei a desbravar terreno na série de Ricky Gervais (todos sabem, britânico, criador de The Office e que segue à letra a regra "todos os génios têm uma pontinha de loucura"). Estou a terminar a primeira temporada e é já uma certeza de que vou começar a segunda logo de seguida.

Só queria mesmo poder dizer que o Elite Criativa tem nos seus arquivos algumas das pérolas mais perversas da história do humor. Pena que não tenha encontrado a irmã ébria/deficiente...





publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 20:14
link do post | comentar
Segunda-feira, 24 de Março de 2008

Beverly Hills de novo?!



Depois de Smallville e Gossip Girl, o canal americano CW está pronto para a próxima loucura da juventude. Um remake de Beverly Hills 90210, a mesma coisa que dizer um O.C. com o nome da série que inspirou esta última, é o projecto na calha.

Quem não se lembra da família Walsh e dos dramas teen da zona mais abastada da América, desde o liceu até à faculdade? A pergunta que se impõe é como poderá sobreviver esta nova Beverly Hills sem Luke Perry, Jason Priestley e afins? Poderá. Provavelmente o público desta nova vaga nem se lembra da existência da sua antecessora.

Os pormenores ainda são escassos, mas o Hollywood Reporter garante que o criador original, Darren Star, não vai ser o responsável pela nova versão. O nome falado para o substituir é Rob Thomas, criador de Veronica Mars e Dawson's Creek.

Eu via Beverly Hills 90210. Na altura fazia todo o sentido. Não sei se vou parar para ver esta nova versão (diria que não).
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 20:27
link do post | comentar
Domingo, 16 de Março de 2008

Pushing Daisies: Amélie Poulain à americana



Não direi que ando viciada mas agrada-me ver a série de Domingo à noite na Fox Life. Chama-se Pushing Daisies - no habitual estilo de tradução português, Malmequer, bem-me-quer - e acompanha um pasteleiro com um dom muito particular. O pie maker (adoro a expressão inglesa) consegue, apenas com um toque, trazer um defunto de volta à vida. Problema: ao segundo toque do mágico, a pessoa volta a morrer. Por outro lado, se o segundo toque não acontecer, outra criatura viva morre em lugar do cadáver ressuscitado. Acontece que um dos mortos a quem o senhor das tartes devolveu a vida é Chuck, o seu amor liceal. Os dois compõem o par romântico da série. Um que não se pode tocar.

A premissa é das mais curiosas que temos visto nos últimos anos e afasta-se do formato televisivo "vou-roer-as-unhas-até-ao-próximo-episódio" a que produtos soberanos como 24 e Lost nos habituaram em tempos mais recentes.

Por outro lado, inspira-se (ou como diria alguém que eu conheço, "rouba") o universo visual/imaginário com que Jean-Pierre Jeneut deixou o mundo apaixonado pela altura de O fabuloso destino de Amélie Poulain. As cores são semelhantes, os cenários são mais cartoonescos mas fazem lembrar os antecessores, os valores como a eterna esperança no romance e a fé no lado bom das pessoas e a própria estrutura narrativa deviam agradecer à criação do francês. O criador desta versão televisiva é Bryan Fuller, um assumido trekkie"que também co-produziu e co-escreveu alguns episódios da igualmente inspirada Heroes.

Seja ou não original, a verdade é que resulta e oferece a quem vê a série um novo passo na ficção televisiva, diferente da vaga de acção/suspense (excelente, diga-se) que nos tem sido dada de bandeja.

Só tenho dúvidas se o conceito não se esgotará rapidamente. Não consigo antever caminhos alternativos para manter de pé uma história que terá sempre as mesmas questões centrais: dois protagonistas que não se podem tocar e um pasteleiro com desequilíbrios éticos. Mas, e daí, eu não sou argumentista. Continuarei a ver até me chatear. Por agora, páro aos Domingos à noite.

Se ainda não o fizeram, experimentem. Garanto-vos que a seguir vai apetecer-vos ouvir a banda sonora que Yann Tiersen fez para Amélie.

Actualização:
A esta hora (21:23h) percebo que a dita série está já a sofrer a pandemia dos episódios repetidos. Enfim...
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 16:13
link do post | comentar | ver comentários (1)
Domingo, 10 de Fevereiro de 2008

Um olhar global sobre séries de TV

As séries de televisão ganharam, nos últimos tempos, uma dimensão semelhante aos lançamentos de grandes blockbusters para o cinema. O vício é alimentado em cada episódio e as narrativas são muitas vezes mais apropriadas para o grande ecrã do que para a caixa mágica (se é que há regras para um conceito destes). De 24 a Dr. House, de Dexter a Heroes, o rendimento aumenta e o público concentra-se num número incalculável.

O Expresso traz esta semana um esclarecedor dossier sobre as séries que, neste momento, são o último grito em ficção televisiva; sobre as que já foram e hoje passaram a clássicos e sobre as ondas de choque que cada um dos episódios causa na internet.

Para uma leitura descontraída mas atenta. Passem por aqui.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 18:15
link do post | comentar
Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

24 com Gervais

Esta é que eu não esperava. Como seria possível combinar o registo extraordinariamente causador de dores de barriga (tais são as gargalhadas) de Ricky Gervais com a imparável acção de cortar à faca de 24? Nunca me passaria pela cabeça fazê-lo mas o resultado deste cameo de Gervais naquela que, ao que parece, é uma das suas séries de eleição (sábio, este senhor) é uma pérolazinha a não perder.



Cortesia do estaminé do Nuno Markl. Sempre com boas sugestões.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 14:37
link do post | comentar
Sábado, 24 de Novembro de 2007

Maratona Jack Bauer



Mais do que tradição, já se tornaram um culto as exibições contínuas e quase ininterruptas que a 2: prepara em cada final de temporada de 24.

Em quase todas sempre consegui adiantar-me à maratona e o fim-de-semana sequencial acabava por receber apenas umas espreitadelas para recordar alguns dos momentos mais Bauerianos. Desta vez, cheguei ao sexto episódio da também sexta temporada de 24 e descontinuei o habitual visionamento compulsivo. Sim, 24 continua a ser brilhante e, sem dúvida, o vício televisivo mais terrível que alguém alguma vez criou, mas eu sentia que precisava de algo diferente para continuar agarrada como o fiz com particular exaustão nas três primeiras temporadas e na quinta.

Hoje, e porque estou a trabalhar a partir de casa, vou tentar dar uma segunda oportunidade à série que já me fez passar mais de sete horas seguidas em frente a um televisor. Maratona é uma ideia que agrada a todos os que, como eu, não têm a chamada paciência para esperar por horários mutantes em dias facilmente alteráveis (se bem que temos de fazer a vénia ao segundo canal do serviço público pelo cumprimento dos ditos).

Não ficarei para a noite mas, para quem possa ou queira ficar, Jack Bauer estará disponível para mais uns bons "son of a bitch". A partir das 11h40.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 10:12
link do post | comentar
Domingo, 30 de Setembro de 2007

O primeiro de Heroes

nup_107705_0019.jpg

 

Já passou pelos meus gulosos olhos o primeiro episódio da segunda temporada de Heroes.

Gostei. Gostei da progressão nas personagens que estão agora bastante diferentes desde o último momento em que as vimos. Gostei da situação quase independente em que se encontram (um aqui, outro acolá). Gostei de ver que parece estar desenhada uma estratégia para o seguimento deste novo capítulo. Uma estratégia que vai oferecer ainda mais cliffhangers para nos deixar a roer as unhas mas que promete trazer algo mais sumarento do que “mais do mesmo”.

Estarei atenta e aconselho-vos a fazer o mesmo.

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 17:13
link do post | comentar
Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

De volta para descortinar as diferenças



É hoje a estreia da segunda temporada de Heroes nos EUA. Por cá teremos de esperar um bom tempo e depois aturar as horas estapafúrdias a que geralmente se passam séries (ou talvez não).

Por minha parte, não conto esperar nem mais dois dias. Como já aqui o disse, não o faço com filmes mas, no que diz respeito a séries, a minha paciência para esperar é limitada e, por isso, recorro ao maravilhoso mundo dos torrents. O que não invalida que depois traga os originaiso para o meu templo dos DVD's mas para rever, já sem a ansiedade nos picos.

Podem espreitar aqui cinco pequenos clips da nova temporada.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 16:02
link do post | comentar | ver comentários (8)
Terça-feira, 21 de Agosto de 2007

Coisas de televisão…

trat31.jpg

Do outro lado do oceano chegam-nos novidades sobre a rentrée televisiva na estante das séries.

Primeiro, uma nova promo a Heroes. Dispensava-se a banda sonora sentimental mas, enfim, continuo a aguardar enquanto vou roendo as unhas que me restam.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=HSqVRUlvOjA]

A notícia do dia, no entanto, ficou para os lados das brigadas anti-terrorismo. Foi adicionado mais um nome para a nova temporada de 24 e digamos que é, no mínimo, uma surpresa. Já aqui tinha mencionado que a minha fé em Jack Bauer se esvai a cada episódio da sexta temporada mas, como qualquer fã de 24 que se preze, vou sempre dando uma espreitadela.

Na próxima temporada, meus amigos, o thriller heróico-estratégico em tempo real vai contar com a presença de Janeane Garofalo como uma agente do governo. Pois... também não consigo visualizar o cenário mas sem dúvida que despertou a minha curiosidade.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 19:55
link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 7 de Agosto de 2007

Weeds: ainda há esperança no meio da silly season

nancy_l.jpg

Ainda não há muito tempo tinha terminado de ver a FABULOSA, GENIAL, IRREPREENSÍVEL Anjos na América que nos honrava com a presença dos não menos ilustres Mary-Louise Parker e Justin Kirk e, de repente, sem delicadeza nem qualquer aviso prévio, eles regressam num registo completamente diferente mas num nível semelhante.

No dia em que soube que Weeds ia estrear na 2:, o entusiasmo que me rondou não foi nada que se pudesse aproximar de incontrolável. Pouco tinha lido ou visto sobre a série e o tema não me parecia o mais apelativo e propício a desenvolvimentos interessantes. Enganei-me redondamente.

Weeds conta a história de uma mulher recentemente enviuvada que se vê com dificuldades económicas e filhos para criar. Solução: torna-se a dealer de erva mais inesperada do bairro.

Weeds é uma sátira (construtiva) aos subúrbios americanos e ao quotidiano insignificante de muitas famílias. Busca inspiração nas Belezas Americanas do cinema e nas Donas de casa desesperadas que por aí circulam mas parece revestir a história de um novo fôlego, corrosivo e que pode ferir susceptibilidades por ser tão "estou-me-bem-a-borrifar-para-o-que-os-outros-pensam-de-personagens-assim".

Confesso que não consigo ver para onde irá a narrativa e é aí que reside o meu medo. Depois de uma temporada, como se poderá desenvolver a acção para além dos dramas da mãe que vende erva ou, colocando a questão de outra maneira, de que forma o fará?

Por agora estou convencida com este tráfico muito organizado e bem disfarçado.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 20:38
link do post | comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 23 de Julho de 2007

Tim Kring: Para quem tem saudades de Heroes

timkring071.jpg

O autor e realizador de Heroes, de que já falei aqui uma mão cheia de vezes, deu uma entrevista ao SuperHeroHype onde falou da experiência na série e revelou algumas coisas sobre a temporada que aí vem.

Se bem se lembram, o Volume II apresentou-se como Generations e Kring explicou porquê. Na primeira temporada conhecemos várias personagens que descobriram os seus poderes e tiveram de aprender a lidar com isso mas, no entanto, foram também surgindo na acção algumas figuras que já conviviam com as suas características extraordinaires há bastante tempo.

A segunda temporada promete trazer de volta aqueles com quem já criámos uma ligação (como o fabuloso Hiro Nakamura),desta feita, vestindo a pele de pessoas extraordinárias a tentarem misturar-se com a multidão. Contudo, voltam também muitos dos personagens mais vividos e com eles o seu percurso anterior e as pontas soltas que por ali deixaram.

Por fim, e como já tinha sido prometido, vamos ser apresentados a uns quantos novos personagens que, naturalmente, terão novos poderes.

Para espreitarem a entrevista completa cliquem aqui. Heroes recomeça no divino dia 24 de Setembro.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 20:07
link do post | comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 6 de Julho de 2007

Sexo e a Cidade: um guide book para homens agora no cinema

2004_03_uglydress.jpg

Não é novidade mas não podia deixar de referir aqui a bela notícia que nos foi apresentada. É verdade, a série que fez as delícias de homens e mulheres, púdicos e mais arrojados vai ser adaptada ao cinema. Falo, é claro, de Sex and the city.

Acompanhei fielmente a versão televisiva da série por várias razões. Primeiro porque continha humor do bom e grandes trabalhos de representação. Depois porque Sexo e a cidade trata o tema "sexo e relações" como se de uma almoço num dia de semana se tratasse mas, simultaneamente, dá-lhe uma reflexão quotidiana, exagerada mas muito mais credível do que algumas apresentadas em muitos filmes românticos que por aí andam.

Por fim, por mais que seja bom entretenimento, Sexo e a cidade é (ou deveria ser), acima de tudo, um manual de instruções, não para mulheres mas para homens. Amigos, parem para ver uns episódios e garanto-vos que, prestando atenção, vão aprender umas belas dicas sobre "como lidar com a chamada mulher" e, de caminho, dar umas boas risadas.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 22:48
link do post | comentar | ver comentários (3)

mais sobre mim

pesquisar

subscrever feeds

posts recentes

Extras: Atrasada mas em r...

Beverly Hills de novo?!

Pushing Daisies: Amélie P...

Um olhar global sobre sér...

24 com Gervais

Maratona Jack Bauer

O primeiro de Heroes

De volta para descortinar...

arquivos

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

todas as tags

links