Sexta-feira, 3 de Abril de 2009

You Make The Movies

 

Se, como eu, não já podem ouvir aquela música insuportável do habitual anúncio anti-pirataria que nos obrigam a ver de cada vez que colocamos um dvd no leitor ou quando nos sentamos no cinema para ver trailers, vejam como é possível criar uma alternativa bem mais conseguida. Se não têm paciência para que constantemente vos lembrem que piratear um filme é o mesmo que roubar uma mala, sigam este texto.

 

Inspirando-se em célebres cenas da Sétima Arte, uma agência de publicidade britânica criou três anúncios com o objectivo de alertar os espectadores para o problema da pirataria e, com sorte, levá-los a não a praticar. A campanha foi esta semana lançada nos cinemas do Reino Unido e não há ainda a informação sobre se chegará a Portugal ou não.

 

Chama-se You Make The Movies e, através de spoofs de três filmes (O Senhor dos Anéis: As Duas Torres, Tubarão e A Vida de Brian) cria uma preciosa campanha que, em vez de aborrecer, aproveita o tempo e diverte o público.

 

No site oficial é possível ver duas delas. Ora vão até aqui.

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 08:04
link do post | comentar

É que não vale a pena dizer o que quer que seja...

...a não ser, valha-nos algum Santo que por aí ande a circular pela internet. Sacha Baron Cohen está de volta e isto promete. Ora vejam, se forem meninos grandinhos.

 

 

 

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 07:58
link do post | comentar
Quinta-feira, 2 de Abril de 2009

À conversa com Bruno Barreto

De Gabriela, Cravo e Canela (no cinema) a A View From the Top, o cineasta brasileiro Bruno Barreto já fez de tudo um pouco. Morou durante nove anos nos EUA, foi casado com a actriz e primeira senhora Spielberg, Amy Irving, mas, depois do divórcio voltou ao Brasil onde prosseguiu com a sua carreira.

 

Hoje, Bruno Barreto estreia em Portugal o seu mais recente filme, Autocarro 174, sobre os antecedentes de um dos episódios mediáticos mais marcantes da história do Brasil, passado quando um jovem entrou com uma arma num autocarro e fez os passageiros reféns. Milhões de pessoas assistiram em directo durante seis horas.

 

O realizador passou por Portugal para apresentar o filme e eu e o Luís Salvado estivemos à conversa com ele. Muito simpático, o senhor. Com muita coisa interessante para dizer.

 

Ora espreitem lá.

 

 

 

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 08:21
link do post | comentar

e-Cinema: Terminar com Che

 

Apenas duas semanas depois da estreia da primeira parte, chega às salas de cinema portuguesas o desfecho da história que Steven Soderbergh filmou sobre Ernesto «Che» Guevara.

 

Na edição do e-Cinema desta semana, falamos das estreias de Che - Guerrilha, a segunda parte do filme de Steven Soderbergh sobre o revolucionário Ernesto Guevara, Autocarro 174, a fita do brasileiro Bruno Barreto sobre o episódio que foi, a nível mediático, o equivalente ao 11 de Setembro no Brasil e O Lago Perfeito, um dos filmes presentes no Fantasporto deste ano.

 

Fora de circuito, os italianos estão em destaque em Lisboa e no Porto.

 

Nos memoráveis, assinalamos os dez anos de Matrix com muitas balas.

 

Aqui fica o e-Cinema desta semana.

 

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 08:17
link do post | comentar
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

O Band Aid de Bruno

 

No próximo, já se sabe, Sacha Baron Cohen estará de volta, dificilmente com o mesmo impacto do seu último filme, sem Ali G nem Borat, mas como Bruno. Até aqui nada de novo.

 

A notícia tem que ver com a banda sonora do filme. É que, ao que parece, Bruno vai recriar uma espécie de Band Aid que vai juntar músicos de peso parodiando os We Are The World e os Do They Know It's Christmas? do mundo da solidariedade.

 

Aliás, serão, ao que consta, os próprios habitués destas lides solidárias quem dará voz à canção Dove of Peace. Na lista estão confirmados os nomes de Bono e Chris Martin mas fala-se também que a velha amiga de Cohen, Madonna, também fará uma perninha. E, pasmem-se, parece que até os Village People aceitaram cantar qualquer coisita.

 

Isto promete, senhores. Para aguçar a curiosidade fica um espreitadela na letra da canção:

 

"For people of Africa who live in hell/They will never wear Chanel.”

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 08:50
link do post | comentar
Terça-feira, 31 de Março de 2009

Dupla Sedução: Uma dupla de estilo numa espiral sem grande pinta

 

Ele talvez seja o único tipo que poderia ter dado um melhor James Bond do que Daniel Craig (ainda vai a tempo). Ela é aquela senhora de sucesso que tanto se sai muito bem como nos deixa a perguntar porque raio é ela uma estrela de tal dimensão. E os dois estão no novo filme de Tony Gilroy, estreado nas nossas salas na semana passada, sobre uma dupla de espiões ligada a dois gigantes do mundo farmacêutico (mais especificamente na área da cosmética). Clive Owen e Julia Roberts são o casal em causa e os dois terão de trabalhar em conjunto para levar a cabo um elaborado golpe.

 

É inegável que os dois consomem o ecrã, por mais que não seja pelos seus encantos naturais. Ele com aquele ar de brutinho sacana com classe, ela pelo tipo de criatura sofisticada com neurónios que faz os homens cair a seus pés. Mas, apesar de esta dupla ter mais pinta no ecrã do que o casal Smith (Pitt/Jolie), não está tão em sintonia quanto os seus antecessores. No decorrer de Dupla Sedução, o espectador poderá sentir que cada um puxa mais para seu lado do que contribui para o bem maior.

 

Mas deixemos o casal de protagonistas e centremo-nos no filme de uma forma mais generalista. Dupla Sedução tem o claro objectivo de ser uma daquelas fitas que surpreendem a audiência a cada momento, com twists quase de cena a cena e reviravoltas em abundância. No entanto, o argumentista e realizador Tony Gilroy (responsável pelos guiões da série Jason Bourne e pela realização de Michael Clayton) parece ter ficado demasiado obcecado com essa estrutura, tão fechado nela, que nem se apercebeu que, afinal, tudo acaba por ser tão previsível quanto o resultado de um jogo da selecção nacional.

 

E se há cenas tão deliciosas como aquela em que Tom Wilkinson e Paul Giamatti brigam que nem crianças numa sequência em câmara lenta, há outras em que desejamos que despachem as conjecturas adivinháveis à distância e nos levem directamente para os créditos finais.

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 08:19
link do post | comentar | ver comentários (1)

O regresso com Crowe num musical

 

Antes de mais, um sincero pedido de desculpas pela ausência. Há semanas em que, infelizmente, Inês Mendes não chega para tudo. Que o interregno não vos induza ao erro: O Elite Criativa está bem vivo.

 

Para vos acordar de uma forma bizarra, nada melhor do que falar da intenção de Russel Crowe em protagonizar um musical. Pois parece que o senhor está com dor de cotovelo em relação aos desempenhos que alguns dos seus compatriotas já tiveram ao longo das suas carreiras (com o expoente máximo no recente brilharete de Hugh Jackman nos Óscares) e confessou que está a trabalhar num guião para um novo filme, que o obrigará a atingir notas altas.

 

Diz o senhor: "There is a film that I'm looking at next year based on a book from an Australian writer which has a character within the book that plays in a band, so that's something I'm looking at the moment."

 

Gladiador meets Cabaret? Medo.

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 07:56
link do post | comentar
Terça-feira, 24 de Março de 2009

Telegrama para os transeuntes

Assoberbada. Stop. Impossível escrever aqui. Stop. Até quinta-feira dias precisariam de mais do que 24 horas. Stop. Prometo regresso lá para sexta. Stop.

tags: ,
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 17 de Março de 2009

Jackson e Spielberg de chapéu de côco

 

É isso mesmo, meus caros. Peter Jackson e Steven Spielberg lado a lado num pequeno vídeo sobre Tintin a marcar o início da rodagem e a chamar a atenção para a abertura do Museu Hergé. Delicioso.

 

Ora vejam aqui.

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 09:45
link do post | comentar

Realizador vai rodar filme com uma câmara…no olho

 

O realizador canadiano Rob Spence prepara-se para rodar um filme apenas com uma pequena câmara escondida no seu olho.

 
Em criança, o cineasta sofreu um acidente que o fez perder um olho e agora está prestes a desenvolver uma tecnologia que poderá tornar o seu problema numa vantagem.
 

O objectivo é que a câmara oculta no lugar do olho de Spence possa secretamente gravar imagens de pessoas para um projecto que abordará o tema da disseminação de câmaras de vigilância.

 

Podem espreitar a notícia aqui.

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 09:33
link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 12 de Março de 2009

Johansson e Rourke em Iron Man 2

 

A negociação foi difícil mas Mickey Rourke e a Marvel finalmente chegaram a acordo sobre a participação do actor em Iron Man 2.

 

Em Janeiro, falou-se pela primeira vez que o bad boy regressado poderia vir a interpretar o papel do vilão russo Whiplash na sequela mas, aparentemente, as primeiras ofertas tinham um valor demasiado baixo para o que ele pretendia.

 

Diz-se agora que, apesar do baixo valor, a entrada de Rourke no elenco nunca tinha estado em causa já que Robert Downey Jr. teria tido algumas conversinhas persuasivas com ele durante a temporada de prémios. Tenha ou não sido um conturbado processo, Mickey Rourke está finalmente (e oficialmente) no barco.

 

Quem também parece que vai constar dos créditos do filme é Scarlett Johansson. A actriz deverá tomar o lugar que estava destinado a Emily Blunt e fazer o papel da espia russa Black Widow. Johansson terá ficado com o segundo lugar no casting mas, dada a impossibilidade contratual da escolhida, terá sido repescada para o trabalho. Consta ainda que o agente de Johansson terá pedido uma quantia relativamente baixa para que a actriz desempenhasse o papel, facilitando a escolha da parte de Jon Favreau.

 

Vamos dando notícias...

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 14:02
link do post | comentar

e-Cinema: Clint Eastwood à antiga

 

Este é para não falhar, meus caros. A grande estreia desta semana é o segundo filme que Clint Eastwood realizou no espaço de um ano (o primeiro foi A Troca) e que, neste caso, também protagoniza. Gran Torino é um acumulado nostálgico para deixar o nosso querido Clint guardado na memória.

 

No e-Cinema desta semana há ainda espaço para, Adam Renascido, uma fita de Paul Schrader, o realizador de American Gigolo e argumentista de Taxi Driver ou Touro Enraivecido, e Tempos de Verão, uma película de Olivier Assayas sobre a perda numa família.

 

Fora de circuito, o medo enfrenta-se em noite de sexta-feira 13.

 

Nos memoráveis, brincamos com a morte num filme da dupla Powell e Pressburger.

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 13:30
link do post | comentar

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 86 seguidores

pesquisar

subscrever feeds

posts recentes

Em coma...como a Noiva de...

Descubram as diferenças

Live long and prosper, si...

Memos to Hollywood

Uma semana e meia de cine...

e-Cinema: As garras do ca...

e-Cinema: A moda do cinem...

Vencedores de um Óscar vi...

arquivos

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

todas as tags