Domingo, 6 de Maio de 2007

Esta noite, O Pianista

pianist.jpg

Esta é a visão do próprio Roman Polanski sobre o holocausto a que escapou durante a infância e que lhe roubou os pais.

O Pianista é um retrato cru e sem palavras doces da II Guerra Mundial onde Wladislaw Szpilman (figura verídídica que foi um dos argumentistas do filme), pianista judeu no auge da sua carreira na altura em que rebenta o conflito, se vê obrigado a sobreviver no gueto totalmente controlado pelos nazis.

Na viagem pelas restrições aos judeus polacos e pelo genocídio injustificado, Polanski pretende chocar, relatar e pintar de cinzento demorado uma realidade que sofreu na pele. A fita não traz um ponto de vista novo mas oferece uma interpretação portentosa pelo talento do até então discreto Adrien Brody.

É ele o núcleo do filme e a sua força primária. É ele quem nos deixa agarrados ao toque nas teclas que o faz continuar, até aos extremos da vontade humana. Foi este o papel que lhe valeu o Óscar para melhor actor.

Vale a pena uma paragem para apreciar a obra, esta noite na SIC. O senão, como não poderia deixar de ser, vem com a hora de transmissão: 1h40 da madrugada.

Fica o trailer.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=KH0WLeYnF94]
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 20:06
link do post | comentar
4 comentários:
De Carlos Ferro a 18 de Maio de 2007 às 14:17
Um dos melhores filmes de sempre. Uma lição de humanidade, coragem e esperança.
De Dino a 7 de Maio de 2007 às 17:36
O filme começa com algumas imagens de Varsóvia...locais que foram simplesmente transformados das cinzas em réplicas autênticas do que se observa nas imagens. É avassalador saber como o estado hitleriano tentou pulverizar uma nação inteira de homens, mulheres, crianças e inclusive paredes, e que no fim da brutal guerra, se ergueu de novo sem olhar a meios nem lágrimas.
Não guardar este filme na prateleira, é o mesmo que nunca ter descoberto o infinito do oceano num fim de tarde de verão. A brutalidade paga-se com o Dever de nos sentirmos humilhantemente dignos de sermos humanos, e nos entregármos ao olhar de um indivíduo através da sua musical "reportagem" de um piano que teima em não para de doer
Obrigado Polanski
De Redação a 8 de Maio de 2007 às 02:20
Esse filme é show, sem comentários.

http://opniao.wordpress.com/
De Carlos Henriques a 26 de Julho de 2007 às 13:32
"Um filme sobre guerra, mas apenas nela baseado.Na realidade, uma história profunda, triste mas verídica sobre a vida de Wladyslaw Szpilman, um grande pianista polaco que se vê confrontado com o regime nazi mas de uma forma especial devido à sua condição de judeu.
Com uma filmagem realista e atenta siga o so[...]" - http://www.cinema-arte7.blogspot.com/

Comentar post

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 86 seguidores

pesquisar

subscrever feeds

posts recentes

Em coma...como a Noiva de...

Estrelas de cinema na pub...

Ensaios de luxo

Uma visita com Walt

Desculpas e mais desculpa...

O Sítio das Coisas Selvag...

Trailer de The Lovely Bon...

Ela quase emigrou mas est...

arquivos

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

todas as tags