Terça-feira, 13 de Março de 2007

Cazaquistão curioso para ver Borat

borat-flag.jpg

Depois de ter sido censurado num dos países que dava nome ao filme (mas que, no entanto, era apenas uma paródia a um país fictício que simboliza muitos outros), Borat: aprender cultura da América para fazer benefício glorioso à nação do Cazaquistão, foi lançado em DVD permitindo aos visados comprovarem o que tanto fez falar o mundo.

Como não poderia deixar de ser, a curiosidade aguçada levou a que o filme tenha sido o mais comprado na última semana nos países da ex-União Soviética.

Curioso é que a população do Cazaquistão esteja a demonstrar, através das suas compras, que desenvolveu um grande interesse no capitalismo e na cultura dos EUA.

Os livros mais comprados demonstram estratégias de negócio americanas, retratam o trabalho de arquitectos e, alguns, estão relacionados com o culto do corpo masculino. Na música, são Sting and the Police quem mandam nos tops.

Parece que não era só Borat a querer levar a influência americana de volta ao seu país.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 08:38
link do post | comentar
1 comentário:
De Bernardo Moura a 13 de Março de 2007 às 10:48
Espero que eles se riam tanto como eu me ri!

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

subscrever feeds

posts recentes

Em coma...como a Noiva de...

Estrelas de cinema na pub...

Ensaios de luxo

Uma visita com Walt

Desculpas e mais desculpa...

O Sítio das Coisas Selvag...

Trailer de The Lovely Bon...

Ela quase emigrou mas est...

arquivos

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

todas as tags

links