Sábado, 26 de Abril de 2008

No escurinho do cinema

A expressão do título refere-se à canção de Rita Lee que a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa decidiu levar para a abertura do Indie. Não cantou, mas pegou nos versos e, entre esquecimentos, pôs o S. Jorge inteiro a rir.
Também a rir ficou esta vossa amiga quando percebeu a argolada que tinha cometido. E se a dada altura numa apresentação de um festival, alguém apontasse para a fila onde vocês estão sentados e dissesse "queria também agradecer aos nossos convidados estrangeiros"? Pensamento imediato: "Se calhar não devíamos estar aqui". Ora eu até falo outras línguas mas a materna é mesmo o português.
Isto tudo para vos introduzir (com o atraso que o facto de não ter conseguido parar em casa até agora causou) um artigo sobre a abertura do Indie que deixei ontem no sítio do costume.

«No escurinho do cinema chupando drops de anis»...já dizia a canção de Rita Lee que a vereadora da cultura da Câmara Municipal da capital quis recuperar ontem na abertura do Indie Lisboa. Porque o Indie tem ministros e vereadores mas, mais crucial, muitos e muitos espectadores. Sala esgotada no São Jorge para receber Wong Kar Wai.

Sala cheia, apresentação que deixou mesmo os altos cargos do Estado no espírito do festival e a promessa de que, até 4 de Maio, São Jorge, Fórum Lisboa, Cinema Londres e Maria Matos não vão ter descanso. Porque o Indie cresce de ano para ano, o ministro da Cultura aproveitou para desafiar os directores a se lançarem na distribuição do cinema independente em Portugal. Para uma plateia repleta, disse José António Pinto Ribeiro, «a exibição de uma oferta independente é fundamental».

Mesmo antes da noite de abertura, já o festival se sentia pela cidade. Quem passar pela Avenida de Roma nos próximos dias vai perceber que o Indie anda à solta por Lisboa. Na tarde de ontem, a entrada da bilheteira central, a do Fórum Lisboa, já acumulava uma considerável fila indiana. Alguns ainda perguntavam se sobrava um bilhete para a sessão de abertura, outros agendavam todo o festival, levando a paciência de quem estava a seguir aos píncaros. Não importa. No Indie está tudo bem.

Com o sol posto, o cenário não se alteraria, mesmo com a mudança de local. Na Avenida da Liberdade, à porta do São Jorge, juntavam-se os que, ou por sorte, ou porque eram convidados, tinham conseguido um ingresso para ver My Blueberry Nights de Wong Kar Wai, com Jude Law e Norah Jones nos papéis principais.

Antes do filme, tempo para cartas de intenções. A má notícia: «A Norah Jones, infelizmente, não está cá». A boa nova: «O Indie vai começar já já».

Apenas era preciso fazer falar os directores e o plano de festas seguiria. Miguel Valverde, Nuno Sena e Rui Pereira discursaram sobre as conquistas da «Zero em comportamento», a associação cultural que há cinco anos consegue por de pé o festival. Sobre os heróis independentes deste ano que conseguiram convencer a vir até Lisboa ( Johnnie To e José Luis Guerín). Sobre os filmes que vão deixar os cinéfilos da cidade com problemas de agenda.

Ao podium subiu também a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Maria Rosalia Vargas, que teve o condão de conquistar as cerca de 800 pessoas sentadas na sala um do São Jorge. Pediu ao presidente, António Costa, para a dispensar das reuniões porque queria assistir aos filmes do certame, disse que não ia cantar mas decidiu citar a música de Rita Lee. Mesmo com os atropelos da memória, à terceira lembrou-se da letra. Definitivamente, nunca Lisboa tinha pensado aplaudir daquela forma os versos «No escurinho do cinema chupando drops de anis, longe de qualquer problema, perto de um final feliz».

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 09:28
link do post | comentar

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 86 seguidores

pesquisar

subscrever feeds

posts recentes

Em coma...como a Noiva de...

Estrelas de cinema na pub...

Ensaios de luxo

Uma visita com Walt

Desculpas e mais desculpa...

O Sítio das Coisas Selvag...

Trailer de The Lovely Bon...

Ela quase emigrou mas est...

arquivos

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

todas as tags