Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Com o devido atraso mas o entusiasmo merecido



O título refere-se à minha dívida para com The Mist. Não o vi pela altura da sua estreia mas já o vi há uns dias e ainda não me tinha debruçado sobre este mui nobre filme de Frank Darabont (ah, Os condenados de Shawshank) que, a sobrecarregá-lo, tem o peso de ser uma adaptação de um livro assinado por Stephen King.

Não vale a pena perder tempo com sinopses visto que, por esta altura, já todos devem saber que em causa está um nevoeiro que traz consigo coisas estranhíssimas e um supermercado que serve de fortaleza ao último reduto de habitantes da cidade (e também porque pretendo, já a seguir, ter aquilo a que os comuns dos mortais chamam de vida social e não quero ficar aqui muito tempo).

Posto isto e sendo o mais breve e directa possível, The Mist é um grande filme de monstros mas é também um grande ensaio sobre a interacção humana - e provinciana - e chega ainda a ser uma chamada de atenção para o estado político-ambiental das coisas (e o homem é, tal como no recente The Host, o culpado da presença das criaturas indesejáveis).

Depois, Marcia Gay Harden é do melhor que se pode colocar dentro de um supermercado a infernizar o juízo aos mais santo dos santos e Thomas Jane (not my cup of tea) é competente no papel que lhe é atribuído.

Ainda para mais, perante a difícil tarefa de filmar (e depois montar) cenas com um nevoeiro cerrado, a equipa de The Mist faz um trabalho exímio, deixando o suspense nos momentos certos e oferecendo belas e pausadas composições quando o cenário o impõe.

Aviso à tripulação: a seguir vêm spoilers.


Ainda que tenha ficado chateada com o facto de nos ser oferecido um fim dividido entre o espectacular (mortes sarcásticas) e um cor-de-rosinha falso (então mas afinal os monstros podem todos ser dizimados?), The Mist é, sem dúvida, um dos melhores que este género já ofereceu em 2008. Claro que aqui há a perturbação de Stephen King a trabalhar.

Posto isto despeço-me dizendo apenas para terem cuidado com os gafanhotos.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 20:15
link do post | comentar
2 comentários:
De Dreamweaver a 11 de Abril de 2008 às 22:24
Pelos vistos, vou ter que esperar pelo DVD pois estou a ver que não vai estrear cá para os meus lados... :(
Cumprimentos
De Quanto Mais Quente Melhor a 12 de Abril de 2008 às 08:34
Vale a pena a compra, Mauro.

Beijinhos

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

subscrever feeds

posts recentes

Em coma...como a Noiva de...

Estrelas de cinema na pub...

Ensaios de luxo

Uma visita com Walt

Desculpas e mais desculpa...

O Sítio das Coisas Selvag...

Trailer de The Lovely Bon...

Ela quase emigrou mas est...

arquivos

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

todas as tags

links