Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

Jack Bauer só há um



A premissa, ainda que já usada, é inspirada. Pegar num cenário, num único episódio e mostrá-lo através de vários pontos de vista, cada um acrescentando informação ao anterior.
Aqui somos transportados até Espanha, durante uma passagem do Presidente dos Estados Unidos, e assistimos a um atentado. A ver - e a servir de intermediários para contar a história - estão os seguranças do chefe de estado (Dennis Quaid e Mathew Fox), uma equipa de televisão (com Sigourney Weaver no papel de uma realizadora muito pouco credível), um turista (Forest Whitaker), uns quantos terroristas e, claro, o alvo do atentado (William Hurt).

Com um elenco tão promissor e uma ideia com um potencial tão bom em mãos, é fácil ficarmos cabisbaixos com o resultado. Não que seja desastroso - embora se esqueça rapidamente, a acção é eficaz - mas acaba por se perder a partir da altura em que torna Dennis Quaid num wannabe Jack Bauer e um Opel Corsa num ferrari todo-o-terreno.

É que, meus amigos, o formato pode inspirar-se em 24 (é saudável que o faça) mas Bauer e os seus "son of a bitch" são insubstituíveis.
publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 19:17
link do post | comentar

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 86 seguidores

pesquisar

subscrever feeds

posts recentes

Em coma...como a Noiva de...

Estrelas de cinema na pub...

Ensaios de luxo

Uma visita com Walt

Desculpas e mais desculpa...

O Sítio das Coisas Selvag...

Trailer de The Lovely Bon...

Ela quase emigrou mas est...

arquivos

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

todas as tags