Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

Porque se impõe falar de Corrupção (o filme)

Andava a deixar passar este assunto ao lado mas a verdade é que hoje me apetece dissertar sobre ele. Nas notícias, no cinema, em conferências de imprensa, a palavra «Corrupção» tem sido demasiado utilizada mas também verdade é que nunca antes se tinha assistido a tal fenómeno com um filme português.

Vamos a factos. Corrupção tinha, à partida, sucesso garantido e polémica assegurada. Um «senhor presidente» e uma trabalhadora de um bar de alterne que, ainda por cima, se inspiravam em figuras tão reais e recentemente discutidas em praça pública só podia fazer o dinheiro esperado.

Desde o primeiro momento que se sabia também o frenesim mediático que o filme ia criar. O que não se sabia era que o realizador se ia descartar dele.

Ora acontece que João Botelho (realizador) e sua mulher Leonor Pinhão (argumentista) se recusaram a assinar a ficha técnica da fita por não concordarem com a versão final do produtor.
17 minutos a menos, diz-se, e provavelmente algumas cenas alteradas. Tudo para o bem comercial do filme, diz a Utopia Filmes.

Esta noite, a antestreia acontece num aparato com direito a concerto e reservada a convidados. Visionamento para imprensa não houve, pensa-se que para manter o elemento surpresa. Amanhã chega às salas de todo o país.

Sobre tudo isto ocorre-me apenas dizer o seguinte:

- João Botelho teve a inteligência para negar um trabalho que não espelhava o que tinha idealizado, uma movimentação que vai, provavelmente, trazer-lhe benefícios a longo prazo.

- A produtora deverá conseguir ainda mais público depois do circo que se criou devido à negação de Botelho.

- Não havendo em contratos portugueses a famosa cláusula de director's cut (não há quem tenha luxos desses), o público vai assistir a um filme cuja autoria será atribuída ao Exmo. Sr. Utopia Filmes.

Agora, revejam as três últimas ideias e tirem daí uma conclusão. Parece-me que, no final, não há quem saia mal da história. Aqui fica o trailer.

publicado por Quanto Mais Quente Melhor às 19:36
link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar

subscrever feeds

posts recentes

Em coma...como a Noiva de...

Estrelas de cinema na pub...

Ensaios de luxo

Uma visita com Walt

Desculpas e mais desculpa...

O Sítio das Coisas Selvag...

Trailer de The Lovely Bon...

Ela quase emigrou mas est...

arquivos

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

todas as tags

links